Vida de Aquarista
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Encontre-nos no G+
Concursos VDA
Vida de Aquarista
Publicidade
Os membros mais ativos do mês

Últimos assuntos
» Pacu Pintado (Metynnis maculatus)
por Uátyla 8/4/2020, 12:04

» Aquario para Bettas Feito com Isopor e Cimento
por Uátyla 8/4/2020, 11:04

» O sonho de consumo de todo aquarista
por Altair 4/10/2018, 15:56

» Duvida sobre montagem de Aquário
por Altair 4/10/2018, 15:41

» Substrato Areia Black Blue
por Uátyla 23/7/2018, 14:45

» Utilização Zeolita
por Uátyla 18/7/2018, 17:20

» Vamos trocar idéias !!
por Uátyla 25/5/2018, 22:11

» Ajuda, ovas no aqua!!
por Uátyla 15/3/2018, 21:42

» Novo Projeto
por Altair 15/1/2018, 15:43

» Posso colocar camarão em aquário plantado?
por Uátyla 9/1/2018, 10:25

» Simplesmente incrível
por Altair 15/11/2017, 16:09

» Ficha técnica do Neon.
por Altair 4/10/2017, 16:25

» Misteriosa criatura marinha dá à costa após furacão Harvey
por Altair 14/9/2017, 15:25

» Olha galera que legal um aquário piano!
por Altair 1/9/2017, 15:33

» 480 L Ciclídeos Africanos
por Uátyla 11/8/2017, 00:05

Destaque do mês!


Carregando avatar...



Posts:

Membro desde:


Mensagem para o membro:
Parabéns caro membro por está sempre ativo em nosso fórum, você é a prova de que todo o esforço tem resultado. Obrigado por nos ajudar.
Revista Meus Peixes

Manual de criacao do besouro de amendoim

Ir em baixo

Em Curso Manual de criacao do besouro de amendoim

Mensagem por valdir aquariofilista em 12/9/2013, 13:33

Manual de Besouros de Amendoim

1 - Besouros de Amendoim


Nome cientifico: Palembus dermestoides
Nomes populares: Besouro do Amendoim , Bicho do Amendoim, Dragão da Lua.
O Bicho do Amendoim é um inseto da ordem dos coleópteros, do latim coleus = caixa e ptera
= asas. São pequenos besouros de cor preta que não possuem a capacidade de voar e podem
ser alimentados somente com amendoim, por isso, sua cultura é de fácil manutenção, as
fêmeas do besouro colocam muitos ovos durante seu período fértil, o que caracteriza um
rápido crescimento da cultura. A larva deste inseto é muito usada para alimentação de peixes
e aves. É bom lembrar que o cardápio de todo animal deve ser o mais variado possível
deixando-o mais resistente a doenças, por isso a larva do besouro do amendoim não deve ser
usada como única fonte de alimentação.

Ciclo de vida
A reprodução do besouro do amendoim é sexuada, ou seja, depende de um macho e uma
fêmea para acontecer. Para atingir o tamanho adulto, o inseto passa por 4 fases: ovos, larvas,
pupa e besouro que serão descritas a seguir:
· Ovos:
Os ovos são depositados pelas fêmeas dentro dos grãos de amendoim. A incubação demora em
média 1 a 2 semanas. Cada fêmea em seu período reprodutivo deposita cerca de 200 ovos.
· Larvas:
O segundo estágio de vida do bicho de amendoim é em forma de larva, que dura cerca de 2
meses chegando ao tamanho de 10 mm. Essas larvas possuem uma casca quitinosa de cor
amarelada que não acompanha o seu crescimento, por isso é trocada de 5 a 10 vezes até
atingir o seu tamanho máximo. É nesta fase que são oferecidas como alimento aos peixes.
· Pupas:
Esta é a terceira fase de um bicho de amendoim, é a transição entre a larva e o besouro. A
pupa fica quase imóvel e se encurva como uma letra “C”. Esta fase pode durar até uma
semana.
2
· Besouro :
Depois de passar por 3 fases este inseto chega à sua fase final que é na forma de besouro,
medindo 5mm decomprimento.
É importante dizer que o tempo de duração de cada ciclo varia conforme a temperatura,
quanto mais quente mais rápido o inseto desenvolve, o ideal é a temperatura estar entre 25 e
30 graus, muito aquém ou além desta pode ser prejudicial à cultura.
CRIANDO BESOUROS DE AMENDOIM
Qualquer recipiente de material não tóxico com tampa pode servir para fazer uma cultura,
até mesmo um recipiente de isopor para sorvete.
O tamanho vai depender da quantidade de peixes a alimentar ou das vezes que ofereceremos
este alimento.
Quanta maior a quantidade de peixes ou das vezes que alimentarmos os mesmos, maior
deverá ser o recipiente ou aumentar a quantidade de recipientes. Em este exemplo usamos um
pote retangular plástico de aproximadamente 30 cm C. x 20 cm L. x 10 cm A. com tampa.
A tampa do recipiente deverá estar furada. O tamanho dos furos deverá ser bem pequeno e
em quantidade suficiente para manter boa oxigenação.
Também se pode cortar uma parte da tampa e colocar tela anti-mosquito ou tela tipo véu de
noiva como mostra o seguinte exemplo:
3
Farelo de trigo o fibra de trigo em quantidade suficiente para formar uma capa de
aproximadamente 2 cm dentro do recipiente.
Também precisaremos de amendoim sem casca em quantidade suficiente como para colocar
acima da capa do farelo de trigo.
Pão integral de boa qualidade, que alem de ser um alimento muito apreciado por estes
besourinhos é uma excelente fonte de água (umidade). Em este exemplo usamos pão integral
tipo alemão que é bem compacto e úmido, mais pode ser usado qualquer outro.
4
Procedimento:
Esta é uma das culturas de alimento vivo mais simples que se possam manter.
Não entanto deveremos prestar atenção sobre o fornecedor a quem compramos ou do qual
obtemos os besouros. Muitas vezes os cultivos se estragam porque o fornecedor não explica
adequadamente como fazer a cultura, ou entrega uma porção contaminada já por fungos que
não da para ver a simples vista, ou entrega uma porção minúscula de besourinhos e larvas
que demora meses em começar a produzir apenas para uma ração semanal.
Em este exemplo começaremos a partir da chegada de uma porção de cultura de bichos do
amendoim comprado via internet.
Não abra o pacote no qual veio a porção de cultivo ate não ter o substrato pronto.
Cultura de Besouros e Amendoim
Colocamos no recipiente uma camada de farelo de trigo de aproximadamente 2 cm de
espessura e distribuímos uniformemente por todo o fundo.
5
· Logo após começamos a colocar por cima do farelo de trigo uma camada de amendoim
sem casca, cobrindo toda a superfície. Não precisa ser uma camada grossa.
· Uma vez concluídos os passos anteriores já temos o substrato completo para o cultivo e
podemos começar a colocar os besouros e larvas dentro.
Recém em este momento é que podemos abrir o pacote no qual veio nossa porção de
besouros.
· Não devemos temer que eles comecem a voar já que não têm esse costume a pesar
de ter asas para fazê-lo, mas si devemos ser rápidos e colocar o recipiente aberto
apoiado sobre o cultivo já que imediatamente depois de aberto eles começarão a
sair por todos os lados e alguns pularão.
· Porem não todos os besouros saem e muitos ficam grudados nas paredes os quais
deveremos retirar com cuidado de não esmaga-los. Finalmente jogamos o conteúdo de
nossa porção de cultivo sobre o substrato e agregamos por cima dele pedaços de pão
integral.
6
Fonte de Umidade
Casca de banana
Recomenda-se o fornecimento de alguma fonte de umidade de 2 a 3
vezes por semana, sendo que as sobras desses alimentos devem ser
retiradas no dia seguinte ao fornecimento.
Devem ser utilizadas assim que forem retiradas, e colocadas com a
parte branca virada para cima, de maneira que a umidade não entre
em contato com o substrato.
Também podem ser utilizados os seguintes alimentos, desde que bem
lavados e isentos de agratóxicos:
• Legumes: fatias bem finas de cenoura, chuchu,...
• Frutas: casca de maçã, pêra,...
• Verduras: couve, repolho,...
· Por ultimo cobrimos com a tampa e colocamos o cultivo em algum lugar que não tenha
muita luz, mas que seja fresco e livre de qualquer tipo de insetos.
7
· Logo após de algumas semanas todo nosso cultivo estará repleto de besourinhos e
larvas em distintos estágios
Como se pode apreciar, este cultivo é de extrema simplicidade e só representa uma das varias
formas de realizá-lo. (nas fotos foram tirados os pedaços de pão para visualizar melhor o
cultivo)
Colheita
8
Para alimentar aos nossos queridos peixes vamos utilizar apenas as larvas e pupas
(estagio médio entre larva e besouro). Elas são as que têm alto conteúdo de proteínas.
Os besouros em si não som bem aceitos pelos peixes menores e médios por causa do seu
esqueleto duro alem de não ter tanta quantidade de proteína.
Para a colheita simplesmente utilizaremos uma pinça, que pode ser a que se utiliza para
depilação ou outra qualquer que tenha pontas largas e finas, e começaremos a remexer o
cultivo com delicadeza para não machucar as larvas menores, retirando só a as larvas maiores
o as pupas.
Não existe uma regra certa para a quantidade de vezes que você pode dar aos seus peixes, mas
si tenha em conta que eles precisam de comida variada em seus cardápios.
Tente não acostumá-los só a um tipo de alimento, varie, no mercado existem muitos alimentos
vivos de excelente qualidade que vale a pena experimentar.
Cuidados e Manutenção da Cultura
Para manter o nosso cultivo sadio e produtivo devemos seguir algumas poucas regras
simples.Colocar mais amendoim na medida em que seja devorado pelas larvas e besouros,
sempre cru e sem casca, o mais fresco possível e de boa qualidade.
1. O farelo de trigo é o refugio e ao mesmo tempo alimento das larvas, mas com o tempo
começa a ficar como si fosse uma farinha e isso é sinal que devemos trocá-lo.
Para isto poderemos usar uma peneira de buracos finos na qual vamos a peneirar todo
o conteúdo do nosso cultivo.
9
Se a quantidade de farelo restante é pouca seria melhor fazer um novo cultivo e
agregar por cima todo o restante do peneirado (besouros, larvas e pupas, amendoim e
o pouco farelo restante).
2. Verificar a presença de amendoim apodrecendo já que estes geram fungos e estragam
todo o cultivo.
3. Retirar qualquer besouro ou larva morta e que estejam com presença de fungos.
4. Agregar algum alimento com alto conteúdo de umidade como ser pedacinhos de pão
integral (em este exemplo utilizamos pão integral tipo alemão, que é muito mais
compacto e úmido que o pão integral comum, o qual também pode-se usar
perfeitamente) ou pequenas cascas de banana colocadas com a pele para abaixo e a
parte branca para cima, retirando-as em quanto comecem a ficar pretas, e ate mesmo
pão umedecido.
5. Não deixar o cultivo aberto a menos que você esteja fazendo colheita de larvas para
alimentar aos seus peixes já que pode ser atacada o invadida por outros insetos que
estragarão tudo.
6. Cuidar que a temperatura não seja menor a 23 ° já que não produzirá muitas larvas,
seria recomendável de 25° para acima.
7. Não borrifar inseticidas no ambiente onde se encontre o cultivo ou retira-lo antes de
fazê-lo, e aguardar umas horas para volver a colocá-lo. Si utiliza inseticidas de alto
poder residual mude o cultivo para outro lugar com condições similares.
Existem outras formas de fazer este cultivo e todas com bons resultados. Por exemplo:
pode fazer um apenas com pão integral e amendoim.
Apesar da sua simplicidade ele tem um inimigo mortal para algumas regiões do país
que é o excesso de umidade.
E por isso que aqui detalhamos este exemplo de cultivo. Ele pode ser utilizado em
diversas regiões do país sem inconvenientes.
10
Se você mora no sul do país terá que se cuidar mais com respeito à temperatura e não
colocar alimentos com conteúdo muito alto de umidade já que provocam fungos o
fermentam em pouco tempo.
· Se houver excesso de umidade na criação de insetos, principalmente no inverno,
aparece algo parecido com um polvilho nas paredes do frasco, este é o “ácaro da
farinha”. Ele é muito pequeno, mas se for observado com atenção pode-se ver que
se movem lentamente. Este ácaro mata as larvas lentamente
Tratamento: passar todo conteúdo da caixa para uma forma de pizza e expor ao sol
direto por 10 minutos. Em seguida, lavar bem a caixa com água e sabão e recolocar os
insetos e o substrato. Limpar a borda superior da caixa com alcool. Repetir o processo
diariamente até que os ácaros desapareçam.
11
Site :[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
valdir aquariofilista
valdir aquariofilista
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 15
Pontos Pontos : 39
Reputação Reputação : 0
Data de inscrição Data de inscrição : 05/09/2013
Idade Idade : 49
Localização Localização : sorocaba
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Manual de criacao do besouro de amendoim

Mensagem por Uátyla em 12/9/2013, 14:59

Muito bom amigo!


Manual de criacao do besouro de amendoim 11A Moderação Aconselham que


 
Manual de criacao do besouro de amendoim Seta Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Manual de criacao do besouro de amendoim Seta Seja sempre ativo no fórum.
Manual de criacao do besouro de amendoim Seta Faça sua Apresentação [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Manual de criacao do besouro de amendoim Seta Poste seu Setup[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Manual de criacao do besouro de amendoim Seta Clique em "Obrigado" e agradeça a quem te ajuda...





Manual de criacao do besouro de amendoim ZbsRs34
Uátyla
Uátyla
Idealizador
Idealizador

Mensagens Mensagens : 3094
Pontos Pontos : 4909
Reputação Reputação : 189
Data de inscrição Data de inscrição : 24/03/2013
Idade Idade : 29
Localização Localização : São Paulo - SP
Masculino
Alegre


http://www.vidadeaquarista.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Manual de criacao do besouro de amendoim

Mensagem por Lyndon Jatobá em 13/9/2013, 10:02

Nossa... perfeito o tutorial!

valeu amigo
Lyndon Jatobá
Lyndon Jatobá
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 6
Pontos Pontos : 8
Reputação Reputação : 0
Data de inscrição Data de inscrição : 16/08/2013
Idade Idade : 28
Localização Localização : juazeiro-ba
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Manual de criacao do besouro de amendoim

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
MensagensUsuários registradosÉ o novo membro